"Nossa Real Vida Espiritual,não é a cocepção corpórea"

... Então, nossa vida real é a vida espiritual, e não essa concepção de vida corpórea. Narottama dasa Thakura diz que quem está acima da concepção corpórea de vida, ele é uma pessoa livre. Samsara bandhana Deha-smrti nahi yara, samsara-bandhana Kahan tara.

Deha-smrti: "Eu sou este corpo", "Eu sou indiano", "Eu sou americano", "eu sou brahmana", "eu sou ksatriya." Estes são concepções corporais de vida. Aquele que esquece essa concepção corpórea de vida, ele é liberado. Então, como podemos esquecer da concepção corpórea da vida? Ele pode ser esquecido. Assim como uma grande pessoa, às vezes, temos visto na prática.

Temos, é claro, de ouvir, não temos visto, que o Sr. Stalin, o grande líder comunista, ele foi submetido a uma operação cirúrgica do intestino. Assim, o médico, o médico, cirurgião, queria dar-lhe anestesia, clorofórmio. Ele se recusou: "Não há necessidade. Vamos continuar a operação. Vou ver o que está lá dentro da barriga. "

Forte de espírito, aqui, mesmo na concepção material, ele era, submetidos à intervenção cirúrgica, sem qualquer clorofórmio. Assim que for possível. Se alguém está completamente absorto em consciência de Krishna, então ele não tem concepção mais da vida corporal.

Isso não é para ser imitado. É na fase mais elevada é possível esquecer completamente, e ele é liberado. Deha-smrti nahi yara samsara bandhana Kahan tara. Ele não é mais condicionado pela natureza material.

Então, como pode ser possível? Pode ser possível. Eu já dei um exemplo simples. Da mesma forma, porque o Sr. Stalin podia tolerar sem nenhum problema? Porque ele era um líder. Ele estava sempre envolvido no pensamento de como ele poderia fazer avançar a causa comunista.

Esta é a razão real. Da mesma forma, se tomarmos a nossa causa muito a sério, nossa ... Qual é a nossa causa? Isso é explicado por Sri Caitanya Mahaprabhu. Nosso, esse movimento da consciência de Krishna significa servir Krishna.

A.C. Bhaktivedanta Swami Srila Prabhupada

Palestra completa aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ISKCON Pandemônio

El Mono Empalado 11