Srila Prabhupada Único paradigma 3: Autorização






Srila Prabhupada Único paradigma 3: Autorização


Por Krishna Kant

A fundamental diferença que surge ao fazer "Srila Prabhupada Único Paradigma"("PUP") recomendada por Srila Prabhupada e pelo IRM, refere-se a a questão da autorização, em particular, a autorização de diksa gurus iniciadores.


Srila Prabhupada deve ordenar 


Ao respeito de quem pode tomar a posição de diksa guru, a posição do IRM é seguir a direção padrão de Srila Prabhupada ao respeito da necessidade de uma ordem direta dele mesmo, antes que a adoração ao guru seja tomada:

Deve-se tomar iniciação de um mestre espiritual fidedigno vindo na sucessão discipular e que é autorizado pelo seu mestre espiritual predecessor. Isso é chamado diksa-vidhana” 
(Srimad-Bhagavatam, 4.8.54, comentário, ênfases adicionadas).


" O Guru pode ser Guru quando ele é ordenado por seu Guru. Isso é tudo. De outra forma ninguém  pode se tornar  Guru" (Srila Prabhupada leitura, 28/10/1975)


GBC deve ordenar

Em contraste, o sistema para se tornar guru en ISKCON não depende da autorização de Srila Prabhupada, porém  do GBC. É possível se tornar guru se, e somente se, o GBC der autorização via  votos requeridos.

"... algum GBC pode apresentar um candidato a diksa guru perante o corpo do GBC. [...] e aprovado pela maioria do corpo, ele pode tomar  responsabilidades de um guru iniciador em ISKCON." (GBC Resolução Número 3 , 30/3/1986) 

Gurus de ISKCON admitem completamente que eles se tornaram gurus não por alguma ordem de Srila Prabhupada, mas devido a outra razão acompanhada por obter autorização do GBC. Por exemplo, HH Sivarama Swami admite , que ele se tornou guru pelo incitamento de uma discípula mulher:

"  Nesse momento eu também fui solicitado para assumir o rol de mestre espiritual iniciador. Eu nunca considerei que tudo isto ia ser muito propício para minha vida espiritual pessoal e eu estava satisfeito fazendo  outros serviços e que eu iria ficar no rol de sannyasi , um pregador, siksa guru, GBC, e  provavelmente isto foi pela repetida sugestão de Gaurangi* então por fim  eu comencei a pensar seriamente sobre  esse serviço, e tomá-lo." ( Sivarama Swami podcast, , 4/10/2006)
*no momento uma jovem devota , e agora discípula.  

Ainda não há uma diretiva de Srila Prabhupada , autorizando o GBC a autorizar diksa gurus sucessores- uma coisa que não é discutida pelo GBC:
Que Srila Prabhupada "pessoalmente detalhou o procedimento para incrementar o número de gurus iniciadores " É algo que nós podemos desejar. Ou falsamente dizer a sociedade que ele fez." ( HH Jayadvaita Swami, analises da conversação do dia 28 de Maio de 1977, 13/12 2003, aceito pelo GBC)

Assim , em linha com PUP e as instruções de Srila Prabhupada , a posição do  IRM  repousa sobre a autorização de Srila Prabhupada  sendo necessária , embora o GBC dispense a necessidade desta  autorização direta. 


Hipócrita contradição 

Como documentado acima, na pratica o GBC insiste que , ao invés de todos , unicamente aqueles  quem eles autorizam são elegíveis para agirem como diksa gurus. Contudo, em uma desesperada tentativa para refutar a posição do IRM que Srila Prabhupada é o diksa guru de ISKCON, eles oficialmente argumentam uma posição diferente. No jornal do GBC Prabhupada ordena, eles apresentam Srila Prabhupada repetindo a ordem do Senhor Caitanya que todo o mundo e qualquer um "se torne guru", veja abaixo, e eles clamam que esta é uma ordem para se tornar diksa guru: 
" Por que como meste espiritual quê você tem a fazer? Yare dekha , tare kaha 'krsna'- upadesa. Quem quer que você encontre simplesmente fale  para ele as instruções que Krishna deu." (Srila Prabhupada , Vyasa puja, discurso, 22/8/1973)

Esta ordem foi realmente dada pelo Senhor Caitanya ao brahmana Kurma, e também para qualquer um**, que ele encontre em sua viagem. Por clamar que esta é uma ordem para diksa guru, o GBC está argumentando que qualquer um que simplesmente esteja habilitado a ler e repetir o que Krishna disse, pode se tornar um diksa guru sucessor- uma habilidade que não requer nenhuma qualificação, e até mesmo uma criança pode exibir:

"Portanto Caitanya Mahaprabhu ... Yare dekha tare kaha 'krsna'- upadesa: " Torne-se guru.  Não há qualificação requerida. Simplesmente você repete o que Krishna tem dito."  [...] Então quem não pode fazer isto? Qualquer um pode fazer isto, até mesmo uma criança. (risos) Nossa filha de Syamasundara. Ela foi pregando, 'Você conhece Krishna?' " ( Srila Prabhupada, conversa , 25/1/1977)

E o GBC acredita que virtualmente todos em ISKCON satisfazem o requerimento de "Não ha qualificação requerida. Simplesmente você repete o que Krishna tem dito."  Assim todos em ISKCON estão autorizados para pregar. Similarmente,  também é argumentado que devido à "tradição", depois que o guru desaparece, cada discípulo é automaticamente apto para inciar devido a " lei da sucessão discipular." Porém como documentado nesta última seção , na pratica eles realmente não acreditam nem seguem isto, assim, em vez de ter , pelo menos, 10.000 diksa gurus tão logo do desaparecimento de Srila Prabhupada (Todos os discípulos de Srila Prabhupada, incluindo as crianças de gurukula), hoje, nós temos a seleção de um pouco, quem eles têm autorizado o qual é unicamente por volta de 70, nenhuma mulher ou criança! Ao contrário , eles tiveram de recorrer a inventar este argumento unicamente para usá- lo contra o IRM, assim eles não têm argumento o qual possa nos derrotar.
** Sri Caitanya Caritamrita Madhya Lila 7: 128-132
Srila Prabhupada : Nenhuma ordem dada aos gurus sucessores


Conclusão

Agora nós podemos ver como diferentes conclusões se devem a uma diferença fundamental a respeito do que faz constituir a autoridade. Por se aderir ao PUP, a posição do IRM fica em linha com a de Srila Prabhupada, e portanto nenhum outro diksa guru em si mesmo pode existir em ISKCON . Percebendo isto, o GBC tem abandonado PUP , e inventou seu próprio padrão de autoridade, o qual é eles mesmos!
Adicionalmente, nós podemos notar que , tendo derrotado o GBC-
a) via as plavras de Srila Prabhupada- A Ordem FinalDe Volta a Prabhupada revista mensal publicada e vários jornais e publicações.
b) via suas próprias palavrasDe volta a Prabhupada publicação especial e o livro das 100 contradições- nós ainda podemos adicionar outra categoria da derrota.
c) via suas próprias ações - assim eles realmente não podem acreditar ou aplicar o argumento que todo o mundo "se torne guru." Ao contrario, eles acreditam unicamente em um punhado de homens selecionados, quem eles favorecem e votam , podem "se tornar guru."
Então, esses são ao menos os três diferentes níveis de derrota. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ISKCON Pandemônio

El Mono Empalado 11